Slide

  • Título 1MEMS realiza hangout sobre Desafios diários do empreendedorismo feminino na Bahia
  • Titulo 2O segredo para se manter motivada!
  • Titulo 3Fundadora do MEMS fala sobre iniciativa empreendedora em rádio soteropolitana
1 2 3
Image Slideshow by WOWSlider.com v4.8

Últimos posts

É preciso ter coragem para "Recalcular a Rota"

Quando eu comecei a pensar sobre alternativas financeiras após descobrir minha gravidez, eu vi o quanto eu estava acomodada com uma vida mais do mesmo e como a minha essência não condizia com essa rotina. Sempre fui uma pessoa de arriscar. Não tá bom? Troca! Quer algo mais? Enfrenta o mundo e tenta.
Mas nos últimos anos eu estava trabalhando só pra pagar as contas, sem propósito motivador pra minha vida. E graças a Deus meu Benjamin veio para sacudir meu mundo e virar tudo de ponta cabeça. Veio para me lembrar de que não estou morta e que ainda tenho muita experiência para viver.

Para uma boa parte das mães, se manter no trabalho após a licença maternidade é o ideal já que é impossível largar tudo e ter contas para arcar. Entendo perfeitamente. Mas algo me diz que quando o nosso ventre acolhe um novo ser, nasce em nós um instinto materno de enfrentar qualquer dificuldade pela nossa cria. E vejo que tomar a decisão de empreender neste período é preciso muita coragem.

É preciso sim ter muita coragem para recalcular a rota do GPS da nossa vida. No comecinho da minha gravidez, coincidentemente, eu tinha acabado de comprar o livro da Alana Trauczynski, o Recalculando a Rota. Não é um livro sobre maternidade e a Alana não é nem mãe. Mas ela conta a história dela correndo pelo mundo, experimentando vários empregos sem propósito, para hoje ela ter finalmente encontrado a profissão dos sonhos dela e viver exclusivamente disto.

Eu tenho um imenso carinho pela Alana e pelo livro. A forma como ela escreve nos aproxima dela e faz que, de alguma forma, as palavras dela toquem nosso íntimo provocando uma avaliação auto-crítica sobre o que estamos fazendo da nossa vida e qual a nossa missão no mundo. Esse livro inspirador despertou em mim, no momento mais feliz da minha vida, a vontade de recomeçar do zero, de tentar me perder para me reinventar.

É uma leitura maravilhosa para as mamães que pensam em empreender, mas tem medo de se lançar nesse mundo. É bacana ler uma auto-biografia leve e que pode colaborar de forma reflexiva sobre como você também pode viver a vida que deseja! Esse livro eu devorei em 2 dias e INDICO! Se quiser saber um pouco mais sobre a Alana e seu livro, esta entrevista dela feita pelo portal Exame.com está excelente. (Clique aqui e leia)

Depois volta aqui e nos conta o que achou? 

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário